sábado, dezembro 08, 2007

quinta-feira, novembro 22, 2007

Olhaí!

Gostei tanto que já voltei novamente, e fazem só alguns minutos desde meu último post.
Estou de volta!
Weeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!!

Era mintchura.
Úúúúúúúúúúúúúúúúú!!!!

Uma atualização esporádica para os fãs.

A pedidos, let's drop a line.
Fiquei intrigada se eu ainda tenho capacidade de escrever, já que há meses eu não digito uma linha nos meus blogs. Pelo menos nada de muito relevante... não que agora seja algo relevante que também não é.

Eu ando praticando yoga desde o início do mês. É viciante. Tem pelo menos três modalidade diferentes na academia, mas eu gostei mesmo é do swásthya. Mais desafiador e vigoroso, eu achei. E também porque fazer power yoga às 7 horas da manhã ninguém merece.

kakasana

Tirando isso, esse mês teve uma maratona de atividades físicas na academia. E adivinhe quem ganhei o primeiro lugar. :) Ganhei uma viagem com acompanhante de um final de semana na pousada Tambayba em Maresias, um clareamento dental a laser, um kit dentário legal (escova, pasta, necessaire, toalhinha, etc), camiseta da maratona e squeeze.
Logo eu!
Quem diria, não? Eu que matava aula de educação física na escola... agora ganhando maratona de atividades físicas da academia. Fiz 39000 metros (pontos). Cada aula de 1 hora valia 800 metros. As de meia hora, 400 metros. Sim, eu morei na academia por 10 dias. Não que não continue morando agora, só não estou mais indo de manhã, mas continuo malhando como se fosse salvar a humanidade.

Bem, a viagem eu troquei por um monitor cardíaco Polar, porque não vai rolar viajar agora no final do ano. Assim aproveito e começo a treinar corrida pras maratonas, biquínis e desafios do ano que vem (e pra caber nas calças mais rápido).

eu com as meninas na Fit

Esse ano está sendo muito bom nesse aspecto. Os exercícios e as novas amizades estão sendo muito benéficos. É sempre bom mudar. E com certeza daí pra frente vem muito mais coisas boas. Amém! Aquela fase de resmungos e lamentações, cagadas e medinhos está ficando pra trás. Beeeeemmm pra trás. Sucesso vem pra quem corre atrás, afinal de contas.

Agora só falta ficar milionária. Hohohoho! Mas aí talvez eu deixe de blogar, porque ficarei muito ocupada nas minhas férias em Cancun. Portanto aproveitem minha fase pobre mais um pouco, que assim ainda tenho umas idéias de girico pra compartilhar.
Mas por hora me vou, que meu quarto está uma zona e eu perdi a minha pinça.
Até ano que vem, que eu não sei quando vou atualizar novamente. Se eu disser que será em breve pode ser verdade, mas também pode ser mintchura. Hohoho!

terça-feira, outubro 30, 2007

domingo, outubro 28, 2007

sábado, setembro 08, 2007

Little Miss Sunshine

Little Miss Sunshine

É um dos filmes mais geniais e divertidos que vi nos últimos tempos.
Recomendo! :)

quinta-feira, setembro 06, 2007

O absurdo do ano, via google talk:

Menino da esquizofrenia: Pensar com clareza causa esquizofrenia, ceticismo, insociabilidade e a falsa ilusão de que se sabe algo sobre algo.


Vamos esclarecer. Pensar com clareza, analisar fatos, circunstâncias e situações específicas, mesmo sob uma ótica limitada, deveria ser algo esclarecedor, pacificador e oportunidade de gerar idéias e soluções.
Esquizofrenia: doença psiquiátrica de causa bioquímica, geralmente hereditária, sem cura porém com tratamento. É diferenciada de paciente para paciente, os sintomas não são sempre iguais. E pensar não causa doenças graves. Sexo sem camisinha sim: uma doença chamada prole, filhos-estrupícios que não aproveitam a escola.
Ceticismo: o fato de uma pessoa ver as coisas de modo cético, sempre duvidoso e incrédulo não a torna uma pessimista nata, embora nada pareça ser verdade e aceitável, em quaisquer circunstâncias. Uma pessoa não é cética só porque pensa. Há pensadores não céticos, há pensadores céticos. E há algumas pessoas que não pensam muito em porra alguma, mesmo sendo céticas.
Insociabilidade: tampouco tem a ver com o ato de pensar com clareza, seja você esquizofrênico ou não. Hoje em dia tá na moda fingir ser misantropo. Não é para menos, com tantos absurdos jorrando por aí... mas eu ainda acredito que há vida inteligente neste planeta. Amém!
Já a "falsa ilusão de que se sabe algo sobre algo" dá pra notar quando as pessoas se levam a sério demasiadamente, não aceitam argumentos distintos daqueles que abraçaram para si com tanto afinco e se recusam a aprender mais - a burrice teimosa de que se bastam como são, limitadas e bocós. O aprendizado nunca, jamais termina. Há sempre mais pra aprender. Um bom começo é um dicionário.

Absurdo parte dois:

Menino da esquizofrenia: Quanto mais honesto você for com seus pensamentos e despido das condições deste e superstições do seu tempo mais você tende à esquizofrênia. Surge um desdobramento entre o "eu" que existe hoje, em São Paulo, e um o outro que enxerga um mundo atrás do mundo e vê coisas que não lhe permitem mais ser o primeiro eu.


Mas hein? Era pra fazer algum sentido?
"Esquizofrênia"? Pelo menos acertou na crase, finalmente.
É melhor não pensar muito tentando decifrar essa pérola, para evitar a "esquizofrênia" (será que ele quis dizer esquizofrenia?) supracitada. ¬¬


Jisuis! Vou tocar a vida que dá mais certo... hahahaha!
Depois disso só me resta rir. De onde as pessoas tiram essas pérolas afinal?

Conclusão: quer usar conceitos e palavras não usuais? Primeiro consulte um dicionário para se certificar que fará algum sentido. Não assuste seus amigos pela manhã com filosofias de porta de banheiro. Isso pode "gerar esquizofrenia". HAHAHAHAHA!
Agora deve-se pegar ela pelo ar, como um vírus.

Pronto, já desopilei.

quinta-feira, julho 26, 2007

Frisson por amostra grátis e barangagem no Pan.

Já fazia um tempo que não vinha blogar com uma regularidade, mas hoje deu vontade. Para matar as saudades, dar um revival nos velhos tempos verborrágicos.
Tô aqui esperando a máquina de lavar terminar o serviço, preciso pendurar os doboks e as roupas de ginástica antes de ir dormir.

Hoje teve uma aula diferente na academia, o pessoal do jiu jitsu convidou o pessoal do tae kwon do para uma aula e vice-versa. Aí fiz jiu jitsu das 20 às 21hs, e das 21hs às 22hs, todos fizeram tae kwon do, numa aula meio demonstrativa e tal. Foi divertido até. :) Eu não sou muito fã de jiu jitsu, rolar no tatame e aquela pegação toda. Sem dúvida permanecerei dando vexame no tae kwon do até não poder mais.

A aula dupla bombou, tinha muita gente. E até apareceram uns promoters da L'Oréal distribuindo amostra grátis do creme pra pentear Elsève volume-control. Tiraram fotos com a gente e tudo! Foi engraçado. E ganhei amostras pra domar meu tufo por quase um mês. Confesso que eu adoro amostras de produtos novos e adoro experimentar essas coisas. Esse até já botei no tufo depois do banho, eu já costumo usar o Elsève pra cabelos cacheados, e é bom pra caralha. Não sei como pude viver quase duas décadas sem creme pra pentear. É a invenção mais genival, cretinamente simples e essencial para picumãs rebeldes. Minha vida se divide em antes e depois do creminho sem enxágüe, acredite. As fotos não mentem.


Mudando de assunto, os atletas brasileiros estão arrasando no Pan. Dá gosto de ver. Adoro as meninas do nado sincronizado e ginástica artística. Mas as artes marciais, sem comentários... arrasaram! Nem vou falar do tae kwon do porque sou suspeita, só fiquei chateada da Natália Falavigna não ganhar daquela porra de mexicana na final. Mas levou a medalha de prata, foi ótima. Torci feito uma doida. Hahaha! Só acho meio bizarro o judô, aquele pega-pega no tatame... mas foram fabulosos, e tinha até uns atletas gorduchinhos, achei engraçado ver. Geralmente quando se fala em atletas logo se pensa em pessoas zero gordura, barrigas tanquinho, aquele traseiro ótimo das meninas do vôlei de praia e tal... aí a gente vê um argentino barrigudésimo no handball fazendo o maior sucesso e as gordinhas ganhando medalha no judô e outras modalidades "delicadas". É foda! Eu torço por todos, menos pelos argentinos. Haha!

E falando em atletas x gordura, que diabos era aquela coisa chamada de "técnico do judô" de Cuba (ou seria México?)? O cara parece o Jaba (?), do Star Wars. o_O Bizarrésimo! Só de olhar aquilo meu colesterol vai às alturas. Tenho meda! Minha luta contra a baranguice está árdua e persistente, e vou conseguir. Estou mega decidida a isso, já quase a rainha dos abdominais, e embora faltem vááários quilos a eliminar, também já progredi à beça. :) Eu simplesmente me recuso a ser uma coisa imensamente gorda e asquerosa anymore. No more pelancas! No more gorduras sacolejantes! Minhas calças já estão caindo muito, e em breve vou queimar o meu armário e comprar roupas novas. :D Weeeeeeeeeee!!!

Ventilador na potência máxima! \o/

Agora vou lá botar o amaciante.
Adeus, Creides!

quinta-feira, junho 07, 2007

Sete coisas

Vi na Giorgia e resolvi fazer também. Nada tão nobre quanto a lista da minha amiga, mas é o que veio à cabeça agora.

Sete coisas que tenho que fazer antes de morrer:

  1. Conhecer (ao vivo) outros países;
  2. Ser faixa preta no tae kwon do - esse mês ainda vou pra ponta verde;
  3. Alcançar a independência financeira;
  4. Ser magra finalmente e continuar assim;
  5. Aprender a desenhar e usar aquarela;
  6. Rir muito;
  7. Aprender a dançar mambo.



Sete coisas de que mais gosto:

  1. Comer pipoca e ver filme debaixo das cobertas em dia frio;
  2. Sensação de dever cumprido e sucesso;
  3. Snarf e Kiki, e gatinhos fofos em geral;
  4. Chocolate;
  5. Ler um livro novo bem interessante, daqueles que a gente não para até o final;
  6. Fazer compras;
  7. Escrever algo decentemente, e ter feedback positivo, de preferência tendo sido algo útil.



Sete prazeres fúteis:

  1. Comprar roupas;
  2. Comprar sapatos;
  3. Comprar bolsas;
  4. Colecionar canetas, especialmente Lamy;
  5. Comprar brinquedos fofos;
  6. Beber Erdinger enquanto o povo se mata com Skol;
  7. Colecionar canecas;



Sete coisas que mais digo:

  1. Ai, meus pacovás!
  2. Eita!
  3. Vixe!
  4. Ai, caralho!
  5. Awwww, coisa fofa da mamãe! (pros gatos)
  6. ...
  7. ...



Sete coisas que faço bem:

  1. Procrastinar (essa eu gostaria de pular);
  2. Achar erros de português no texto alheio (unfortunately it's so easy nowadays...);
  3. Apresentar trabalhos em público;
  4. Escrever bobagens;
  5. Gelatina (haha!);
  6. Ter idéias mirabolantes e engraçadas;
  7. Comer.



Sete coisas que eu não faço:

  1. Dar a bunda. Dê você o seu rabo e seja feliz;
  2. Trabalhar em telemarketing novamente;
  3. Matar, roubar, me prostituir;
  4. Beber leite, tequila com verme, comer bacon, buchada de bode, feijoada com partes estranhas de bichos e babaganush;
  5. Ficar grávida por descuido;
  6. Emprestar livros e dvds;
  7. Dar opiniões que não sejam verdadeiras e sinceras para amigos.



Sete coisas que me encantam:

  1. Bichanos! =^.^=
  2. A natureza;
  3. Artes marciais;
  4. Costurar;
  5. A capacidade dos japoneses de fazer coisas fofas;
  6. Desenhos do estúdio Ghibli e Pixar
  7. o JP



Sete coisas que odeio:

  1. Gente burra;
  2. Quando faxineiras lavam blusa de lã na máquina e passam a ferro o que não deveriam;
  3. Pisar no cocô na rua e os donos de cachorro mal educados;
  4. Banheiro sujo;
  5. Perder meu tempo com gente inútil e coisas bestas;
  6. Engordar e não ter o que vestir;
  7. Não ter dinheiro pra comprar ou fazer algo.



É isso, por enquanto. Hehehe!

terça-feira, maio 08, 2007

Ouquei.

A pedidos de minha única leitora meus milhares de leitores, então eu passo o aspirador de pó aqui.
Vamos às novidades.

É o seguinte, esse ano comecei fazendo freela, o site e papelaria da Vivian, designer de ambientes. Fiquei bem feliz de começar o ano trabalhando, isso me deu uma motivada a persistir e me esforçar mais. Ano passado foi um ano muito bosta, me deixou meio down, além de me engordar cerca de 14kg, dos quais, já eliminei 12kg.

E em janeiro comecei a fazer academia aqui perto, algo que fazia muita falta, eu realmente gosto de suar feito uma porca e liberar endorfinas. E dia 18 de janeiro fiz minha primeira aula de taekwondo. E nunca mais parei.

Em 1 de abril fiz meu primeiro exame de faixa, e agora sou faixa amarela. No dia, estava nervosa, mas consegui até abrir espacate! Hahaha!

espacate no exame de faixa

Foi a maior emoção! Por sorte, tinham outros meninos mais velhos, eu ia me sentir meio mal em ser a única faixa branca "velha". Afinal, tinham milhões de criancinhas lá, muitas com faixas já bem além da minha. No big deal. Mês que vem acho que faço o segundo exame, aí vou pra amarela ponta verde.

E falando em faixas, domingo passado participei de um amistoso de taekwondo no corinthians. Fui pra exercitar a coragem, perder o medo e quem sabe, até me divertir. A primeira e a segunda partes deram certo, mas perder o medo não perdi não. Na verdade, eu tremia feito um vibrador na potência máxima. No poomse, os movimentos da minha faixa, tirei um 7, que eu acho ser uma nota meio ruinzona, de consolação mesmo. Mas não tinha nenhuma faixa amarela e fiz os movimentos concorrendo com uma faixa verde, que tirou 8. Depois eu vi o vídeo e vi que realmente foi uma bosta, eu estava muito nervosa. Até em casa de brincadeira eu faço melhor, que réiva!

Aí veio a luta. Eu nunca tinha usado aquele capacetinho e o protetor de perna, só o colete em uns 3 treinos no máximo. E, claro, não tinha ninguém da minha faixa pra eu lutar. Nem uma, duas ou três faixas acima. Aí tive que lutar com uma mulher de 43 anos, faixa vermelha. Apenas seis faixas na minha frente, e obviamente, muito mais perigosa e experiente que eu. Já estava me cagando, e aí só piorou.

Para quem quiser ver o vexame, minha frangada histórica na primeira luta, é só clicar aqui. Shift click pra abrir em nova janela.

Eu e minha medalha do TKD

E pra provar que corinthiano não sabe escrever, nem mesmo o nome do próprio time, eis o verso da minha medalha:

medalha de tkd do Cu-rinthias

Todos sabemos afinal, que escreve-se "CU-rinthias". Hahahaahaha! Que horror.

Bem, é isso, não tenho tantas novidades assim, apenas que saí do ócio e estou na luta pra caber nas calças, dessa vez, a sério e chutando alguns traseiros.

E meus amores felinos continuam lindos, fofos, quentinhos, gostosos e amados. =^.^=
E por hoje é só.
E também estou terminando de ver a terceira temporada de Arquivo X, e logo começo o box da quarta. The truth is out there.

quinta-feira, fevereiro 08, 2007

Aniversário

converse weapon green
mochila case logic


Hoje chegou o tênis que ganhei de aniversário do babai. Um converse weapon verde e preto. Lindo! Namorei ele mais de um ano e agora está aqui, no pé. :D
JP me deu a mochila da Case Logic carésima que eu estava namorando também. Tem até plug externo pro fone de ouvido, e porta cds. É linda e enorme, cabe muita coisa, além de ser própria pra notebook. Adolei.

Fomos no Rockets no meu aniversário. Mas ele já foi melhor... agora as músicas da jukebox estão desincronizadas (acho que há alguns anos eles não arrumam) e perde a graça. Fomos num horário ótimo, bem vazio. :) E comi a torta Elvis, de brigadeiro... nhamm.... delícia.


Eu no Rockets

Double double #1


jukebox
eu e o JP no carro


E agora voltei à malhação pra me livrar do prejuízo calórico. Hehehe!

quarta-feira, fevereiro 07, 2007

Save Ugly Country

A campanha Save Ugly Country do Istituto Europeo di Design é uma das mais fantásticas e criativas que vi nos últimos tempos. Vale conferir, os vídeos exibidos na tv estão no site.

Se você já falou com um indiano, bangladeshiano ou congêneres usuários de turbante na web, você entenderá a sátira. MARAVILHOSO! Hahahahahahahahahahahahahahaha!

sexta-feira, janeiro 26, 2007

I hate reality shows.

Essa tira é ótima!

Macanudo by Liniers

domingo, janeiro 21, 2007

An inconvenient truth

Filme ótimo, de interesse público, informações úteis para atitudes necessárias.
Assisti hoje com o fofucho.

E fomos no Lar Center comprar uma cadeira na C&C. Huahaha! E comer no Viena... bons momentos pra mim, stress pra ele. :) Mas tudo bem.

sábado, janeiro 20, 2007

"Gnomos eu vi la em Marte..."

Acho que eu prefiro a convivência com meus gatos e ver gnomos em Marte que lidar com seres humanos. Isto é, radicalizando, claro. Há um ou outro que se salva no meio do bolo de ignorância, discórdia e inveja que são as relações humanas.

Mas não vim aqui falar de coisas ruins. Acabou essa fase. A parte em que eu choramingava todos os dias aqui no blog ficou lá pra trás. Em março fará 5 anos desde o primeiro post melodramático.
Agora quero mais é saborear minha felicidade, todas as coisas boas que houverem pelo meu caminho, todos os dias. Porque como diz a profecia, quem só olha para a porta que se fechou, não vê as outras que se abriram ao seu redor. Sim, totalmente "self improvement shit", but it's fucking true.

Muita coisa fica pra trás, muita gente dispensei da minha vida por não fazerem a menor falta, gente chata que não colabora nem para a própria felicidade, essas coisas. Problemas vão se resolvendo aos poucos, vão se dissipando e dando alívio. E isso é muito bom. É muito difícil não se deixar contaminar por influências externas, especialmente opiniões negativas, resmungos de idiotas que não enxergam a própria boçalidade venenosa. Mas para quem acredita em si, sabe exatamente o que se é, e onde pode-se chegar, não há porque ter medo ou porque dar ouvidos a tais azedices alheias. Isso é difícil, mas uma das principais metas da minha vida. Fortalecer aquilo que há dentro de mim e que me faz persistir e ir em frente, rumo ao sucesso. E foda-se o que outros pensam de mim, com sua visão deturpada da realidade. Eu sei exatamente o que me constrói, a matéria de que sou feita, e onde quero chegar. E isso não interessa a mais ninguém. Portanto, fale para seu cotovelo dolorido o que bem entender. Sobre mim, sei eu. Cada um deveria cuidar de si e de seus problemas unicamente.

:-) E acho que não há hora melhor pra ser feliz que agora.
Amém!

A pedidos, I'm back.

Bem, já que meus milhares de fãs vão colapsar sem ler minhas maravilhas, então eu volto, pelo bem de vocês.
Este ano vai ser O ano. Como não fiz ano passado, este ano resolvi botar no papel alguns objetivos e promessas.
E esse ano, eu irei caber nas calças.
Já estou começando bem, lendo Vargas Llosa, fazendo academia, fazendo um freela pra pagar algumas contas atrasadas, e ainda há muita coisa boa por vir.
E nada vai me escapar dessa vez. Ninguém me segura. Hehehe! :D

Feliz 2007 a todos que se prestam a vir aqui ler abobrinhas.
Beijo nas crianças.